terça-feira, 24 de maio de 2011



Fizeste-me entrar como uma princesa, comum sapato por calçar, deste a volta ao mundo para me calcar e me fazer sorrir, deste tudo para me fazeres feliz, deste tudo para que eu corre-se para ti, calcada ou descalça eu corri, mesmo sabendo que podia escorregar só descansei quando me agarraste, quando me vi presa nos teus braços, quando vi que não havia hipótese de cair, foi quando dei por mim enfeitiçada por ti, dei por mim apaixonada e já não conseguia viver sem ti.

« Tudo vale a pena quando a alma não é pequena. »

1 comentário:

Martinha disse...

Que lindo o:
Não me esqueço de vir ao teu blog ver se escreves, tenho estado ausente s:
E não tens de agradecer, sempre que precisares podes falar :)