segunda-feira, 5 de março de 2012

Não arranjo palavras para descrever o que vai aqui dentro, força é o que mais preciso, calma é o nome que me falta, no meio de tanta confusão sinto a ausência prolongada das tuas palavras de conforto, e da tua, bem da nossa grande amizade, ano um bocado dividida, mas perder-te, seria o mesmo que me arrancarem o coração, acredites ou não melhor amigo será sempre melhor amigo, e deixar-te para trás seria a maior covardia do mundo, eu estou aqui, e sempre estarei, venha quem vier o primeiro dos primeiros serás tu nunca te esqueças.

10 comentários:

Sandra'Ferreira disse...

beijinhos ;)

Ana A. disse...

Obrigada querida. Vou continuar :)

jújú disse...

adoro, sigo também *

Jun disse...

com o tempo passa, acredita querida!

mafalda sofia disse...

obrigada querida :)

Margarida disse...

também sinto que estou a perder o meu melhor amigo ...

sigo o teu blog, segue o meu se faz favor (:

Cheila Dias disse...

Não consigo comentar o teu blog Margarida. É dificil, é das poucas pessoas que me mantém de pé :s
beijoca <3

nicolemorais disse...

concordo mesmo contigo! obrigada :) adorei o teu texto.

RitaF. disse...

Muito Obrigada! (:
Como disse vai haver um concerto e o bilhete reverte a favor do meu primo para ajudar a comprar uma cadeira de rodas adaptada. O bilhete é de 3 euros. O concerto ia ser hoje mas pelos vistos houve umas confusões na empresa que está a organizar e o concerto passou para o dia 24 deste mês na quinta da capela (em Braga). Eu para já ainda não sei as horas, mas assim que souber ponho no meu blog.

(Vou seguir o teu blog)

nicolemorais disse...

eu também escrevo o que sinto e talvez seja isso que faz a nossa escrita tão bonita.