sábado, 21 de abril de 2012

Não vou entrar no teu jogo, não me vou magoar mais, se os teus objetivos eram separar-nos digo-te já que não irás conseguir, somos mais fortes que alguém imagina, sei o que sentes, sentes-te sozinha, abandonada, sem ninguém de verdade, sentes um buraco cada vez mais fundo, um grande vazio, mas agora eu digo-te, e quando eu senti o mesmo e tu não ligaste. Ah pois, cada um sabe de si, e eu agora só quero saber de mim, e por mais que digam para perdoar não há perdoes possíveis, porque eu não quero entrar no teu jogo, nos somos fortes e tu não passas de qualquer coisa, que não nos derruba.
“Perdoa os teus inimigos mas nunca esqueças o nome deles."

2 comentários:

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

querida, muito muito obrigada por seguires o meu blog. sigo o teu, igualmente*

Lígia Gomes disse...

Nem mais! :D Existem certas pessoas que vivem para a infelicidade dos outros... -.-