sexta-feira, 17 de setembro de 2010


Agora que tudo estáva a seguir, tudo estáva a ganhar um rumo apareceste tu, vieste destruir a minha vida, os meus sonhos, os meus divertimentos, os meus dias, a minha felicidade, vieste-me encher de lágrimas, vieste fazer da minha vida um lago, da minha cara um oceano e dos meus olhos um repuche, vieste estragar, piorar e fazer chorar, porquê? Neste momento tudo me desilude, tudo me estraga, me tenta deitar a baixo, mas eu acredito que consigo vencer, basta acreditar e pensar que me vou formar, que vou cotinuar mais tarde, apenas há uma cena que não entendo, porquê a mim? porquê agora que estava a segir carreira? porquê no melhor momento da minha vida? porquê quando eu necessito de calma e felicidade? porquê ? eu não tenho tenho palavras para descrever o quanto é dificil viver nesta situação, quanto é dificil esperar pelo que quero, pelo que necessito e pelo que me dá felicidade, eu não vou desistir, não consigo hoje, quem sabe amanhã ou depois.

Sem comentários: